Menu
BALANÇO PATRIMONIAL DE 2013

NOTAS EXPLICATIVAS DO EXERCICIO DE 2013

 

NOTA 1 – CONTEXTO OPERACIONAL

 

O Hospital Espírita João Marchesi está localizado na cidade de Penápolis, na Rodovia Sargento Luciano Arnaldo Covolan 0+750 metros - é uma entidade sem fins lucrativos (Filantrópica) que presta serviços hospitalares especializados em PSIQUIATRIA, têm por finalidadeprover cuidados integrais em saúde mental, oferecendo atendimento multidisciplinar aos aspectos bio-psico-socio-espiritual das pessoas acometidas por transtornos mentais visando sua reinserção familiar, social e profissional.

 Possui 78 leitos conveniados com o SUS, com percentual de gratuidade em 100%, abrangendo uma área de 40 cidades da DRS II (Regional de Araçatuba).

NOTA 2 - APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

            As demonstrações contábeis foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis emanadas da Lei n. 6.404/76, além dasNormas Brasileiras de Contabilidade - NBCT 10, item 10.19 - Entidades sem Fins Lucrativos aprovada pela Resolução CFC nº 877/00, Resolução 1409 de 21/09/2012 e alterações posteriores.

NOTA 3 – DESCRIÇÃO DAS PRINCIPAIS PRÁTICAS

1 – ATIVO:

A)    Disponível: Numerários depositados em conta corrente e aplicações junto a instituições financeiras Oficiais e numerários em trânsito.

B)    Créditos:

1 – Convênios e Diversos a receber – Inclui valores de Convênios a receber, neste caso a parcela do SUS referente à 12/2013 e uma diferença da parcela do mês 11/2013.

2 – Adiantamento Diversos – Inclui todos os adiantamentos respectivos a pessoal celetistas e autônomos como adiantamento de salários e adiantamento de férias.

3 – Impostos a recuperar – Inclui todos impostos a recuperar, como INSS e IRRF a recuperar.

C)    Estoques: Avaliado através do custo médio de Aquisição e saldo do estoque apurado no almoxarifado (nutrição), farmácia, cozinha, Material de Limpeza, descartáveis, higiene pessoal e EPIs.

D)    Imobilizado: Valor referente ao imobilizado do Hospital demonstrado contabilmente pelo custo de aquisição, sendo dividido em:

Terrenos:Valores de terrenos adquiridos ou doados até o encerramento do exercício.

Edifícios e Construções: Valores investidos na construção da nova sede em Penápolis, endereço Rodovia Sargento Arnaldo Covolan S/N 0+750 mts, anteriores ao exercício de 2013.

Imobilizado em operação: Valores de aquisição de bens do ativo imobilizado imediatamente colocados em operação devidamente divididos dentro das Contas e depreciados conforme taxas de depreciação anual conforme planilha abaixo:   

Equipamentos Hospitalares

10%

Aparelhos e Utensílios de cozinha

10%

Equipamentos de Proteção e Socorro

10%

Equipamentos de áudio, vídeo e foto

20%

Instalações, Maquinas e Equip diversos

20%

Equipamentos de Processamento de Dados

20%

Maquinas e Utensílios de Escritório

10%

Maquinas e Ferramentas Utens de Oficina

10%

Maquinas e Ferramentas Agrícolas

10%

Mobiliário em Geral

10%

Veículos de Tração Mecânica

20/25/40/50%

Veículos diversos

20/25/40/50%

Coleções e Materiais Bibliográficos

10%

Pecas de Reposição do Ativo

10%

Maquinas e Equipamentos de Lavanderia

10%

Maquinas e Equipamentos de Limpeza

10%

            Os veículos a depreciação pode variar de 20% ao ano para 25% ao ano se for um veiculo destinado à carga e duplicar esses respectivos valores se o veiculo for usado. Todos os percentuais foram são reconhecidos em estimativa de sua vida útil conforme resolução 1409 de 21/09/2012.

2 – Passivo:

 A) Fornecedores: Avaliados pelo valor de entrada das Notas Fiscais emitidas contra o Hospital Espírita João Marchesi, em decorrência do fornecimento de materiais, insumos e gêneros diversos diretamente relacionados à atividade fim da Entidade e investimentos.

B) Cheques em Transito:Este grupo corresponde a contas de Cheques Recebidos pelos fornecedores que ainda não foram compensados.

C) Limites de Crédito Cheque Especial:Neste grupo estão contabilizadas contas bancarias que estão utilizando limites de credito referente ao cheque especial, neste caso a conta do Banco Santander.

D) Empréstimos Diversos: Neste Grupo estão contabilizadas as contas referentes a empréstimos realizados com curto prazo, neste caso empréstimo de pessoas físicas.

E) Folha de Pagamento-Empregados: Neste grupo estão contabilizados as contas referentes a salários, rescisões, férias, planos de saúde descontados em folha e décimo terceiro salário a pagar para empregados registrados (CLT).

F) Provisão de Férias:Neste Grupo estão às provisões de Períodos aquisitivos de férias já adquiridos pelos funcionários em 31/12/2013, como também os encargos sobre esse período (FGTS e PIS).

G) Empréstimo de Funcionários: Neste Grupo estão contabilizados os valores devidos de cada colaborador com empréstimos junto a Instituições Financeiras com desconto em folha (consignados).

H) Encargos s/ folha de pagamento: Neste Grupo estão contabilizados os valores referentes a encargos sobre folha de pagamento de empregados registrados (CLT) como INSS e IRRF retido em holetite e FGTS e PIS folha calculados.

As contas de INSS, FGTS, IRRF, Mensalidade sindical e Mensalidade Assistencial a recolher apresentados no balanço são os saldos a recolher de fatos geradores apurados até dia 31/12/2013 e com recolhimento previsto para o mês subseqüente. Quanto ao PIS, desde 06/2009 não é recolhido, pois a entidade entrou com Mandado de Segurança solicitando a Isenção do recolhimento de tal tributo perante a Secretaria da Receita Federal conforme processo nº 0007326-86.2009.4.03.6107. Houve a Suspensão provisória do pagamento, mas a Provisão de PIS continua sendo contabilizado o que explica o saldo constante no balanço patrimonial.

I) Folha de Pagamento Autônomos: Neste grupo estão contabilizados os valores devidos ao autônomos (sem vinculo empregatício com a entidade).

J) Encargos s/ Serviços de Terceiros: Neste Grupo estão todas as contas referentes a encargos dos serviços prestados por autônomos como INSS e IRRF.

K) Empréstimos e Financiamentos à Longo Prazo:Neste Grupo estão contabilizadas as contas referentes a empréstimos realizados com longo prazo, neste caso empréstimo de pessoas físicas.

     L) Patrimônio Líquido: Representa o patrimônio inicial da Entidade, acrescido dos superávits/déficits apurados anualmente desde a data de sua constituição e contribuições patrimoniais.O resultado do exercício 2013 é o resultado da soma das receitas com a dedução das despesas da entidade.

3 – Receitas:

            As receitas são registradas mensalmente, em obediência ao regime da Competência, e são provenientes de pessoas físicas e jurídicas, rendimentos de aplicações financeiras e convênios com órgãos públicos municipais, estaduais e federais conforme planilha abaixo:

MUNICIPAIS

 

    SUBVENCAO MUNICIPAL

         46.500,00

ESTADUAIS

 

    CONVENIO SECRETARIA DA SAUDE

         20.417,23

    RECEITAS CREDITO NF PAULISTA

         73.016,55

FEDERAIS

 

    SISTEMA UNICO DE SAUDE - SUS

    1.406.907,60

    INTEGRASUS II

         60.319,08

DOACOES PESSOAS FISICAS E JURIDICAS

 

    TOTAL DE DOACOES EM ESPECIE (DIVERSOS, TELEMARKETING, MORADORES,

    ALMOCO BENEFICENTE, ATELIER-CANTINA, STROGONOFF, LEILÃO, VENDA DE

    LIVRO E EVENTO CORAL UNIÃO E HARMONIA)                                                                                                                                              

   

 

       540.917,11 

  

    TOTAL DE DOACOES EM GENEROS (ALIMENTÍCIOS E MEDICAMENTOS)                          125.835,41     

 

             

OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS

 

    REND APLICACOES FINANCEIRAS

           1.509,61

    RECUPERACAO DE DESPESAS

           3.179,08  

    JUROS ATIVOS

                80,77

OUTRAS RECEITAS

 

   RECEITAS DE ALUGUEIS

           3.020,00

TOTAL DE RECEITAS (OPERACIONAIS E NÃO OPERACIONAIS)

    2.281.702,44

 

 

4 – Despesas:

 

            As despesas estão apropriadas obedecendo ao regime de competência e foram apuradas através de notas fiscais e recibos em conformidade com as exigências legais fiscais.

 

 

5 – Gratuidades:

            No ano de 2013 a entidade disponibilizou 100% dos seus leitos ao SUS (Sistema Único de Saúde).

 

6 – Isenção Cota Patronal:

            O HOSPITAL ESPÍRITA JOAO MARCHESI no ano de 2013 totalizou os seguintes valores de isenções usufruídas:

Cota Patronal INSS(20%) : 326.257,34

SAT: Seguro de Amparo ao trabalhador (2%): 32.625,74

Terceiros (5,8%): 94.614,63

Total das contribuições previdenciárias usufruídas =453.497,71

 

 

 

 

__________________________

ANDREY NEGRONI MARTINS    

CRC:1SP255459/O-0

CONTADOR

 

 

 

_____________________________________

ROSELI APARECIDA HERREIRA

CPF: 095.691.918-99

PRESIDENTE DA ENTIDADE

BALANÇO PATRIMONIAL DE 2013

10 de AGOSTO de 2015

Penápolis / SP

Endereço:
Rod. Sargento Luciano Arnaldo Covolan, Km 0 + 750m CEP: 16300-000
Telefone: 
(18) 36547300 (11) 942826866  (11) 99974680   
© Copyright Instar E-mail Marketing, E-mail e Sites - 2006-2017. Todos os direitos reservados.